TDAH no adulto: quando procurar um médico?


Segundo a Academia Americana de Psiquiatria a prevalência do TDAH em adultos é estimada em cerca de 2,5%. Além disso estudos mostram que 60 a 70% das crianças diagnosticadas com TDAH continuam a apresentar sintomas na vida adulta (Barkley, 2002). O TDAH na idade adulta é um conceito relativamente novo. Durante muitos anos, o TDAH foi considerado um problema apenas da infância. Acreditava-se que os sintomas começavam a desaparecer na puberdade e diminuíam ao longo da adolescência. Porém nos últimos anos, quando os pais começaram a ver os seus comportamentos espelhados em seus filhos, o TDAH em adultos passou a ser considerado um diagnóstico válido.

Por isso, muitos adultos com TDAH podem nunca terem sido diagnosticados e provavelmente podem ter aprendido a lidar com os seus sintomas ao longo dos anos. Historicamente, muitas vezes eles não consideram os seus sintomas como parte de um transtorno, mas sim como parte de sua personalidade. Mas, o TDAH não tratado pode causar inúmeros problemas, especialmente afetivos e emocionais, que podem levar a dificuldades em relacionamentos e em muitos aspectos da vida cotidiana. O TDAH no adulto pode ser tratado e gerenciado da mesma forma que nas crianças. Com a assistência adequada, eles podem ter uma vida produtiva e de sucesso.

tdah adulto

Muitas vezes, pode ser confuso saber se você deve ou não consultar um médico. Informar-se sobre os sintomas é o primeiro passo. Por isso, aqui estão alguns sinais e sintomas do TDAH no adulto:

1. Falta de foco: Possivelmente o sinal mais evidente do TDAH, a “falta de foco” vai além da dificuldade em manter a atenção. Significa ser facilmente distraído, não completar tarefas ou projetos, ter dificuldade em ouvir os outros em uma conversa e em prestar atenção em detalhes.

2. Hiperfoco: É o outro lado da moeda. Uma pessoa com TDAH pode ficar tão envolvida em algo, que pode ignorar qualquer outra coisa em torno dela. Geralmente o hiperfoco acontece com atividades que lhe motivam e dão prazer. Este tipo de foco pode levar a atitudes como perder a noção do tempo, ignorar aqueles que o rodeiam e causar mal-entendidos de relacionamento.

3. Desorganização: A vida pode ser caótica para todas as pessoas em alguns momentos. Mas alguém com TDAH experimenta uma vida mais agitada constantemente, o que pode tornar difícil manter tudo no seu devido lugar. Uma pessoa com TDAH pode ter dificuldades habilidades organizacionais, como gerenciamento de tempo, controle de tarefas, priorização de tarefas de uma maneira lógica e pontualidade.

4. Esquecimento: É humano esquecer as coisas de vez em quando. Mas para as pessoas com TDAH, o esquecimento faz parte da vida diária. Isso inclui rotineiramente esquecer onde colocou alguma coisa ou datas importantes. Alguns esquecimentos podem ser simples e outros muito graves, podendo prejudicar a carreira e os relacionamentos, porque isso pode ser confundido com descuido, negligência ou até falta de inteligência.

5. Impulsividade: Pode se manifestar de várias maneiras: interromper os outros durante a conversa, ser socialmente inadequado, fazer as coisas de maneira apressada ou agir sem pensar nas consequências. Os hábitos de compras de uma pessoa são muitas vezes um bom indicativo de TDAH. A compra por impulso, especialmente de itens que não se pode pagar, é um sintoma comum de TDAH em adultos.

6. Problemas emocionais: A vida de uma pessoa com TDAH pode ser uma montanha-russa emocional, num sobre e desce constante. Ela pode ser facilmente aborrecida e pequenas frustrações podem parecer intoleráveis, trazer alterações de humor ou sintomas depressivos.

7. Auto-imagem: Adultos com TDAH são frequentemente hipercríticos sobre si mesmos. Isso pode levar a uma baixo auto-estima e desvalorização da auto-imagem. Isto pode ocorrer em parte por causa da dificuldade de concentração e outros sintomas que podem causar problemas no trabalho ou relacionamentos.

8. Falta de motivação: Embora adultos com TDAH possam estar abertos a fazer muitas coisas de uma só vez, eles também podem se sentir desmotivados. Este é um problema comumente visto em crianças com TDAH, que muitas vezes não conseguem se concentrar em trabalhos escolares. Isso também pode acontecer com os adultos, juntamente com a procrastinação e as dificuldades organizacionais.

9. Agitação e ansiedade: Assim como as crianças, um adulto com TDAH pode sentir como se “o seu motor nunca desligasse”. Seu desejo de se manter em movimento e fazer as coisas pode levar à frustração quando não é possível fazer algo imediatamente. Isto leva a uma inquietação, o que pode levar à ansiedade. A ansiedade é um sintoma muito comum do TDAH em adultos, especialmente porque a mente tende a pensar nos acontecimentos preocupantes repetidamente.

10. Problemas de Saúde: Impulsividade, falta de motivação, problemas emocionais e desorganização podem levar o indivíduo com TDAH a negligenciar a sua saúde. Isso pode ser visto através de comportamentos alimentares compulsivos ou má alimentação, negligencia de exercício ou renúncia a medicamentos importantes. Ansiedade e estresse também afetam negativamente a saúde, assim, sem bons hábitos, os efeitos negativos do TDAH podem tornar outros sintomas piores.

11. Questões de Relacionamento: Um adulto com TDAH freqüentemente tem problemas nos relacionamentos, sejam eles profissionais, familiares ou amorosos. Sintomas como interromper constantemente as pessoas em uma conversa e a falta de atenção podem facilmente interferir nos relacionamentos, sendo confundidos com insensibilidade, irresponsabilidade ou indiferença.

12. Outros sintomas: Alguns outros comportamentos comuns em adultos com TDAH são: mudanças constantes de emprego, maior uso de álcool, tabaco e outras drogas, padrões repetidos de problemas de relacionamento, incluindo a separação ou o divórcio.

Tenha em mente que momentos estressantes na nossa vida também podem causar alguns dos sintomas descritos acima. Se você está passando por um momento difícil em sua vida, é importante refletir se os sintomas estavam presentes antes desse período começar.

Há também testes de triagem de TDAH em adultos disponíveis online. Embora eles não determinem o diagnóstico, você pode respondê-los e levar os resultados para um médico especializado. Isso pode ser utilizado como um ponto de partida para a discussão. Um desses testes de triagem é o ASRS-18, que pode ser encontrado no site da ABDA.


Não deixe de ler

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *